GOVERNANÇA CORPORATIVA

img_mA Manuli Stretch S.p.A. reserva o direito, em consonância com sua política corporativa, de adotar o Modelo de Organização, Gestão e Controle previsto pelo decreto 231/2001. Essa decisão foi tomada com a convicção de que, com a adoção do modelo (sem importar o decreto e seu conteúdo, que, por natureza, são opcionais e de nenhuma maneira obrigatórios), a empresa pode despertar a conscientização entre aqueles que trabalham para ela ou em seu nome.

O Conselho de Administração confiou as funções de controladoria interna a um organismo supervisor e auditor, o Comitê Supervisor, que tem a responsabilidade de supervisionar a eficiência e a eficácia do modelo operacional, além de assegurar que ele seja mantido atualizado.

O objetivo do modelo é construir um modelo estruturado com os funcionários necessários para realizar os procedimentos e atividades de controle exigidos, incluindo medidas preventivas para evitar as possíveis ofensas criminais previstas pelo decreto.

Os pontos básicos do modelo são sensibilizar e divulgar regulamentos e procedimentos de conduta em todos os níveis da empresa e realizar o mapeamento das áreas de risco da empresa, ou seja, as atividades em que há um risco maior de ocorrência de ofensas.

As regras do Código de Conduta contidas neste modelo devem ser acrescentadas ao Código de Éticapdf, que representa uma parte integrante do primeiro.